SescTV exibe documentário sobre a primeira transexual das Forças Armadas

3 weeks ago 51
ARTICLE AD BOX

Continua após publicidade

Maria Luiza é documentário sobre a primeira transexual nas Forças Armadas brasileiras

 (Divulgação/Divulgação)

Continua após publicidade

Para celebrar o Dia do Orgulho LGBTQIA+ (28/06), a SescTV exibe na data, às 22h, o filme “Maria Luiza”, documentário sobre a primeira transexual da história das Forças Armadas brasileiras. A produção investiga as motivações para impedi-la de vestir o uniforme feminino, que levou a aposentadoria por invalidez, e sua trajetória de afirmação como mulher trans, militar e católica.

Levantando questionamentos como qual a diferença na sua capacidade profissional antes e depois da transição, ou o que a tornaria incapaz para o serviço militar, a obra documental mostra a personalidade de Maria Luiza e denuncia a violação de direitos humanos discutindo se a decisão militar de retirá-la da ativa é consequência da sociedade.

Documentário sobe a primeira transexual nas Forças Armadas brasileiras Documentário “Maria Luiza” será exibido na SescTV no Dia do Orgulho LGBTQIA+ (28/06) (Divulgação/Divulgação)

Arquivos da personagem com seus desenhos, pinturas e fotos se mesclam com registros jurídicos da batalha travada para e manter nas Forças Armadas. O filme tem depoimentos de Brigadeiro Gabriel, ex-diretor do Hospital da Força Aérea de Brasília; Dr. Serrano, endocrinologista e ex-militar, que prescreveu hormônios para Maria Luiza; Sandra Studart, ex-psicóloga de Maria Luiza; Diáulas Ribeiro, ex-promotor; Max Telesca, advogado de Maria Luiza; Maria de Fátima, sua irmã; Jackeline de Jesus, estudante de psicologia; e Lilia Simone, ex-juíza que autorizou a mudança de gênero no registro civil de Maria Luiza.

A SescTV é distribuída gratuitamente para mais de 60 operadoras de TV por assinatura e plataformas de streaming em todo o Brasil. Mas sua programação também pode ser acompanhada ao vivo através do site.

Domine o fato. Confie na fonte.
10 grandes marcas em uma única assinatura digital

PARABÉNS! Você já pode ler essa matéria grátis.

Leia o artigo inteiro