Transgêneros e travestis recebem capacitação profissional gratuita - 11/11/2021 - Diário do Grande ABC

2 years ago 1020
ARTICLE AD BOX

A Ecovias, concessionária responsável pela operação do Sistema Anchieta-Imigrantes, promove em Diadema curso profissionalizante gratuito para o público transgênero e travesti. O treinamento faz parte doProgramaCapacitar, que visa inserir os inscritosno mercado de trabalho.


Uma das 30 participantes da atividade é Wendy Pinheiro Uchôa, 23 anos, relatou que a experiência de participar da atividade. “Decidifazer o cursopara adquirir conhecimento, mas também para ter a experiência de conviver em uma sala de aula onde nós (pessoas trans) somos a maioria”, disse Wendy.


As aulas são ministradas pelo Senai (Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial), responsável por aplicar o conteúdode estudofocado ematendimento ao cliente, e da Coordenadoria dePolíticasdeCidadania e Diversidade de Diadema e Guarulhos. Ao final, os participantes que tiverem 80% de frequência irão receber o certificado de conclusão de curso, reconhecido pelo MEC (Ministério da Educação).


Wendy reforça a importância da iniciativa para sua capacitação profissional e ressalta a expectativa de conviver com outras pessoas trans. “Espero conseguir absorver o conteúdo, mas também quero aprender a lidar com outras diversidades. Na sala tem pessoas não binárias, e nós temos muito a aprender, não só em questão de conteúdo, mas também entre a gente”, conta.


De acordo com o coordenadorde sustentabilidadedaEcovias e Ecopistas, Caio Cesar Vicentini de Barros, 40, além do treinamento a empresa também irá oferecer cesta básica para todos os estudantes. “Como os participantes vão estar nesta ação e durante esse tempo deixarão de gerar renda, a Ecovias irá apoiar o aluno para que ele não seja impactado negativamente de nenhuma maneira”, conta Barros.


Ex-aluno do programa, Jeferson Nunes Melo, 27, atualmente trabalhana empresa como analista de arrecadação. “Há seis anos estava sentado em uma cadeira e seis anos depois estou auxiliando esse projeto social”, conta Melo. Ele ainda aconselha futuros alunos a participarem de outras edições do curso. “Capacitação profissional nunca vai ser demais, as pessoas podem tirar qualquer coisa do ser humano, menos aquilo que ela tem demais valioso, que é o conhecimento”, finaliza.


Ao final do curso todos os estudantes serão convidados a participar dos processos seletivos de Ecovias e da Ecopistas. Neste ano, a turma poderá participar de seleções temporárias previstas para acontecer durante a Operação Verão 2022. 

Leia o artigo inteiro